10 MOTIVOS PARA NÃO PERDER OS JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016

10 MOTIVOS PARA NÃO PERDER OS JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016
A festa e a torcida continuam com os Jogos Paralímpicos 2016! Há apenas 15 dias deste evento tão esperado, a Revista Incluir separou 10 motivos para te provar que as Paralimpíadas em nosso país estão INCRÍVEIS e IMPERDÍVEIS 
1. A delegação brasileira está ENORME!
Passamos de 182 atletas nos Jogos Paralímpicos Londres 2012 para 278 no Rio 2016, é muita gente! 
 Imagem na horizontal. Entrada da delegação brasileira nos Jogos Paralímpicos Londres 2012. O porta-bandeiras é Daniel Dias, atrás dele vem os demais atletas em multidão. Fim da descrição
Foto: CPB
2. Os ingressos estão à venda por preços SUPER acessíveis!
É possível assistir competições paralímpicas como tênis de mesa e halterofilismo pela bagatela de R$ 10,00 (isso mesmo, DEZ REAIS!)
 Imagem na horizontal. Um leque com cinco ingressos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos em um fundo branco.Fim da descrição.
Foto: Alex Ferro/Rio2016
3. O Rio de Janeiro é uma cidade acessível!

Desde os locais de competição aos meios de transporte, tudo foi modernizado para receber pessoas com deficiência durante os Jogos Paralímpicos.
Imagem do trem VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), novo meio de transporte do Rio de Janeiro, nos trilhos em meio à cidade. Fim da descrição.
Foto: Divulgação
4. A expectativa é conquistar, no mínimo, o 5º lugar no quadro de medalhas

Enquanto nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Brasil conquistou a 13º colocação.
 Foto na horizontal. Time de Goalball nas Paralimpíadas Londres, 2012. Na foto há dez homens. O primeiro da esquerda é o treinador, que veste calça preta e camiseta branca. Os nove seguintes, os jogadores, estão com calças azuis marinho, blusas de manga comprida amarelas do Brasil e com suas medalhas de prata no pescoço.Fim da descrição
Foto: Buda Mendes/CPB
5. A cerimônia de abertura contará com um show de ninguém mais, ninguém menos que Ivete Sangalo
 Pequeno vídeo de Ivete Sangalo dizendo “Vem pra mamãe, vem”. Ela está de cabelos soltos, sentada em uma cadeira vermelha, vestindo um macacão roxo. Fim da descrição
Gif: Reprodução
6. O nosso nadador Daniel Dias é tão bom quanto Michael Phelps
O atleta é recordista mundial em 6 provas, conquistou 10 ouros, 4 pratas e 1 bronze em apenas duas edições dos Jogos Paralímpicos. 
 Foto na horizontal. Close em Daniel Dias, que nada em uma piscina com raias amarelas. Ele usa uma touca branca e óculos de natação com lentes verdes. Está puxando o ar para mergulhar.Fim da descrição
Foto: Buda Mendes / CPB
7. Alan Fonteles é a maior promessa do paratletismo mundial!

O nosso paratleta bateu o até então favorito Oscar Pistorius nos Jogos Paralímpicos em Londres 2012 e ganhou o ouro na categoria 200m.
Descrição: Foto na vertical. O atleta Alan Fonteles corre na pista de atletismo com duas próteses para as pernas. Utiliza um short verde e uma camiseta regata do Brasil. Sua pele é claro e seus cabelos escuros e curtos. Fim da descrição
Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
8. Pela primeira vez o Brasil vai participar de TODAS as modalidades

Ao total são 25, e em todas elas pelo menos um atleta nos representará!
Uma montagem com quatro fotos, sendo duas acima e duas abaixo. No quadrante de cima, à esquerda, mostra três atletas de basquete adaptado, sendo uma brasileira e duas australianas, jogando em cadeiras de rodas. No quadrante de cima, à direita, dois atletas de judô lutando do tatame, sendo que o que está por cima está de quimono azul e o que está por cima utiliza quimono branco. No primeiro quadrante de baixo, há um nadador na piscina com uma touca branca. No segundo quadrante de baixo temos um ciclista com um macacão do Brasil pedalando em uma via. Fim da descrição
Fotos: Mike Ronchi
9. Terezinha Guilhermina é a cega mais rápida do mundo

A nossa corredora ganhou 3 ouros em duas edições dos Jogos Paralímpicos e seu objetivo é conquistar mais 3 no Rio 2016.
 Correndo na pista de atletismo, na final dos 100m, categoria T11, nos Jogos Paralímpicos Londres 2012, estão Terezinha Guilhermina à esquerda, utilizando um macacão da seleção brasileira e seus adereços tradicionais, como meias coloridas e tapa olho enfeitado, e à direita seu guia Guilherme Soares, utilizando o mesmo macacão com um colete laranja sobreposto. Fim da descrição
Foto: Buda Mendes/CPB
10. Nossos atletas conquistaram o primeiro lugar no Parapan de Toronto, em 2015
O que prova que faremos MUITO bonito nesses Jogos Paralímpicos! 
 Jogos Paralímpicos Londres 2012. Imagem na horizontal, à céu aberto, close em quatro atletas. À esquerda e abaixo a atleta Jerusa, e acima seu guia Luiz Henrique, que ficaram em segundo lugar no atletismo e mostram suas medalhas de prata. À direita e abaixo, Terezinha Guilhermina, e acima seu guia Guilherme Soares, que conquistaram a primeira colocação e mostram suas medalhas de ouro. Os quatro estão vestindo um agasalho da seleção brasileira de cor amarela. Fim da descrição
Foto: Guilherme Taboadal/CPB
 
Felipe Ramon

Amo Tecnologia. Atuo na Area de Programação, Designer Gráfico, Web Designer e Técnico em Computadores. Trabalho na Loucurarte na Equipe de Apoio (Diretor de Midias Sociais)! #Conhecimento é Poder.

Postagens Relacionadas
Comentários